sábado, 8 de fevereiro de 2014

SANTO DO DIA - 08/02/2014

08/02
Santa Josephine Bakhita
Nascida em uma família de Sudanese saudável, quando tinha 9 anos de idade ela foi seqüestrada por escravo-comerciantes, e determinado o nome Bakhita por eles. Vendido e revendeu nos mercados a El Obeid e Khartoum, finalmente comprados em 1883 por Callisto Legnani, cônsul italiano que planejou a livrar. Ela acompanhou Legnani para a Itália em 1885, e trabalhou para a família de Augusto Michieli como babá. Ela foi tratada bem na Itália, e cresceu para amar o país. Um adulto à converte, e ela vai à Igreja em 9 de janeiro de 1890, ela levou o nome de Josephine como um símbolo da vida nova dela. Ela entrou no Instituto de Filhas de Canossian de Caridade em Veneza, Itália em 1893, ocupando os votos dela 8 1896 de dezembro em Verona, e servindo como uma Irmã de Canossian durante os próximos cinqüenta anos. A presença gentil dela, a voz morna, amável dela, e a vontade dela para ajudar com qualquer tarefa servil eram um conforto para as pessoas pobres e sofredoras que vinham à porta do Instituto. Ela morreu no dia 8 de fevereiro de 1947 de causas naturais na Itália, em 17 de maio de 1992 foi beatificada pelo Papa João Paulo II, e em 1 de Outubro de 2000 foi canonizada pelo Papa João Paulo II.
São Jerônimo Emiliano
(presb.)
Pertencente à família rica o santo de hoje nasceu em 1486 e logo foi direcionado para a carreira militar. Aconteceu que ao comandar um grupo na batalha com a Liga de Cambrai, Jerônimo Emiliano foi preso, e na prisão encontrou na escuridão, dor e solidão a presença de Deus e da Virgem Maria, sob o título de Nossa Senhora da Saúde, devido a devoção familiar.

Desta experiência de conversão nasceu o novo Jerônimo, pois ao ser libertado voltou para sua terra com o firme propósito de santidade, sendo assim aprofundou na oração, reflexão e penitência ao ponto de encontrar a vocação ao Sacerdócio. São Jerônimo inclinou-se com seu coração caridoso para com os pobres e jovens, por isso diante das carestia e epidemia que assolava seu povo, heroicamente Jerônimo vendeu tudo o que possuía para ajudar os indigentes.

A fé de Jerônimo operava constantemente pela caridade e assim atingia também órfãos e viúvas em vários lugares, além do coração de outros homens de alma grande que deram origem a Sociedade dos Padres Somascos. Segundo o testemunho dos seus amigos , São Jerônimo que tanto lutava pelo resgate e restauração dos rapazes e moças, sofria para manter a obra , porém era tão dependente da Divina Providência que era permanente a sua alegria e sorriso.