quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

O Evangelho do Dia - 08/01/2014

Ano A - DIA 08/01

Ver Jesus como ele é - Mc 6,45-52

Jesus mandou que os discípulos entrassem no barco e fossem na frente para Betsaida. Depois de despedir a multidão, subiu à montanha para orar. Já era noite, o barco estava no meio do mar e Jesus, sozinho, em terra. Vendo-os com dificuldade no remar, porque o vento era contrário, nas últimas horas da noite, foi até eles [...]. Quando os discípulos o viram andar sobre o mar, acharam que fosse um fantasma e começaram a gritar. Mas ele logo falou: “Coragem! Sou eu. Não tenhais medo!” Ele subiu no barco, juntando-se a eles, e o vento cessou. Mas os discípulos ficaram ainda mais espantados. De fato, não tinham compreendido nada a respeito dos pães. O coração deles continuava endurecido.


Leitura Orante

Oração Inicial


leitura Orante
Saudação 
- A nós, a paz de Deus, nosso Pai, 
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo, 
no amor e na comunhão do Espírito Santo. 
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
Preparo-me para a leitura, rezando:
Jesus Mestre, 
Sois o Mestre e a Verdade: 
iluminai-nos, para que melhor compreendamos 
as Sagradas Escrituras. 
Sois o Guia e o Caminho: 
fazei-nos dóceis ao vosso seguimento. 
Sois a Vida: 
transformai nosso coração em terra boa,
onde a Palavra de Deus produza frutos 
abundantes de santidade e missão. 
(Bv. Alberione)

1- Leitura (Verdade)


O que diz o texto do dia? 
Leio atentamente o texto Mc 6,45-52.


Tantos aspectos poderiam ser considerados neste texto. Vamos nos deter na afirmação de Jesus: "Sou eu!" Quem ainda não teve fé suficiente, vê Jesus como um fantasma. Os discípulos não haviam entendido o milagre dos pães. O Evangelho diz que a "mente deles estava fechada". Como aos discípulos diariamente Jesus Cristo faz acontecer uma infinidade de milagres ao nosso redor, mas a mente "fechada" não deixa reconhecer a ação de Deus. O que nos faz a mente fechada? Um turbillhão de apelos e vozes no dia-a-dia, o consumismo, a perda dos valores, e, sobretudo a perda da fé, da esperança e do amor aos demais.


2- Meditação (Caminho)


O que o texto diz para mim, hoje? Qual palavra mais me toca o coração? 
Entro em diálogo com o texto. Reflito e atualizo. O que o texto me diz no momento? 
Os bispos, em Aparecida, disseram: "Jesus saiu ao encontro de pessoas em situações muito diferentes: homens e mulheres, pobres e ricos, judeus e estrangeiros, justos e pecadores... convidando-os a segui-los. Hoje, segue convidando a encontrar n Ele o amor do Pai. Por isto mesmo, o discípulo missionário há de ser um homem ou uma mulher que torna visível o amor misericordioso do Pai, especialmente aos pobres e pecadores." (DAp 147).

3- Oração (Vida)


O que o texto me leva a dizer a Deus? 
Rezo com todos na web:
Jesus Mestre, 
faze-nos crescer no teu amor,
para que sejamos, como o apóstolo Paulo 
testemunhas vivas do teu Evangelho. 
Com Maria, 
Mãe Mestra e Rainha dos Apóstolos, 
guardaremos tua Palavra, 
meditando-a no coração. 
Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida, tem piedade de nós.

4- Contemplação (Vida e Missão)


Qual meu novo olhar a partir da Palavra? 
Vou olhar o mundo e a vida com os olhos de Deus, com o olhar iluminado pela fé, com o olhar de Jesus Cristo.

Bênção


- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém. 
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém. 
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém. 
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.


Ir. Patrícia Silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br


Fonte: http://www.paulinas.org.br/diafeliz/?system=evangelho&action=busca_result&data=08%2F01%2F2014