terça-feira, 21 de janeiro de 2014

O Evangelho do Dia - 21/01/2014

Ano A - DIA 21/01

A controvérsia do dia de sábado - Mc 2,23-28

Certo sábado, Jesus estava passando pelas plantações de trigo, e os discípulos começaram a abrir caminho, arrancando espigas. Os fariseus disseram então a Jesus: “Olha! Por que eles fazem no dia de sábado o que não é permitido?” Ele respondeu [...]. E acrescentou: “O sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado. Desse modo, o Filho do Homem é Senhor também do sábado”.


Leitura Orante

Oração Inicial


Preparo-me para a Leitura Orante, fazendo uma rede de comunicação e comunhão em torno da Palavra com todas as pessoas que se neste ambiente virtual. Rezamos, em sintonia com a Santíssima Trindade.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém
Senhor, nós te agradecemos por este dia.
Abrimos, com este acesso à rede da internet,
nossas portas e janelas para que tu possas
Entrar com tua luz.
Queremos que tu Senhor, definas os contornos de
Nossos caminhos,
As cores de nossas palavras e gestos,
A dimensão de nossos projetos,
O calor de nossos relacionamentos e o
Rumo de nossa vida.
Podes entrar, Senhor!
Ó Jesus Mestre, Verdade-Caminho-Vida, tem piedade de nós.


1- Leitura (Verdade)


O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto na Bíblia: Mc 2,23-28.
Para Jesus, a pessoa tem prioridade. As coisas, os dias, inclusive o sábado, estão a seu serviço. Isto modifica a relação ou a escala de valores que se coloca no mundo. As coisas estão no seu justo lugar quando ajuda a pessoa humana ser conforme o Projeto de Deus. A lei está a serviço do bem. 

2- Meditação (Caminho)


O que a Palavra diz para mim?
Qual é a minha escala de valores?
Os bispos, em Aparecida, falaram de uma sociedade conforme a proposta de Jesus “A resposta a seu chamado exige entrar na dinâmica do Bom Samaritano (cf. Lc 10,29-37), que nos dá o imperativo de nos fazer próximos, especialmente com quem sofre, e gerar uma sociedade sem excluídos, seguindo a prática de Jesus que come com publicanos e pecadores (cf. Lc 5,29-32), que acolhe os pequenos e as crianças (cf. Mc 10,13-16), que cura os leprosos (cf. Mc 1,40-45), que perdoa e liberta a mulher pecadora (cf. Lc7,36-49; Jo 8,1-11), que fala com a Samaritana (cf. Jo 4,1-26).” (DAp 135).
Sinto-me uma pessoa próxima dos meus irmãos? Sensibilizo-me com as necessidades das pessoas? Como reajo ao ver tantos desabrigados pela chuva, sem casa, sem alimentos, num momento de dor pela perda de um familiar ou amigo?

3- Oração (Vida)


- O que a Palavra me leva a dizer a Deus?
Jesus Mestre,
ao meu coração, se substitua o teu.
Ao meu amor a Deus, ao próximo, a mim mesmo,
se substitua o teu.(Bem-aventurado Alberione)


4- Contemplação (Vida e Missão)


Qual meu novo olhar a partir da Palavra? Sinto-me discípulo/a de Jesus. Quero deixar-me conduzir pela lei do amor.

Bênção


- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém. 



Ir. Patrícia Silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br