sexta-feira, 14 de julho de 2017

O Rosário, uma arma eficaz


Vejo muitas pessoa usando o Rosário no pescoço, no espelho Retrovisor dos carros ou pendurando no guidão das motos como se fosse apenas um amuleto, achando que estão protegido só porque carregam com elas o rosário, mas essas pessoas nem sabem que estão andando desarmadas, isto é, com uma ARMA desmuniciada se não praticarem as orações através da sua  recitação.

Somos um povo de oração. Temos necessidade de momentos de intimidade com Deus, quando ouvimos o Senhor e somos por Ele ouvidos. O rosário é uma das várias possibilidades de oração do cristão, e Nossa Senhora tem insistido conosco sobre a importância dele. O problema é que não compreendemos seu valor; achamos que o rosário é uma simples repetição de Pai-Nosso e Ave-Maria, meditando os mistérios. Na realidade, quem torna eficaz essa forma de oração não somos nós, mas Deus. Como acontece na Eucaristia, antes é simples pão feito com um pouco de farinha e água, mas, após a consagração, pela eficácia do poder do Espírito, torna-se Jesus vivo no meio de nós.

A eficácia do rosário não vem dos homens, mas do Céu.

A recitação do rosário vem do ano 1200, quando Nossa Senhora revelou a São Domingos a eficácia dessa oração. Havia, na época, hereges que faziam mal à Igreja sem que ninguém conseguisse detê-los. São Domingos, então, ia, de cidade em cidade, rezando o rosário com as pessoas; a partir disso a situação começou a mudar. Como resultado, os hereges começaram a se converter.

“Una-se a Maria e reze, principalmente o terço”, recomenda monsenhor Jonas

Podemos nos lembrar o que a Santíssima Virgem Maria falou em Lourdes, Fátima, e o que tem falado em Medjugorje. Até quando ela vai ter de insistir conosco para que compreendamos o valor dessa oração?

A vitória é para os atletas. Os moles não vão conseguir nada. Para você ter fôlego na oração, reze o rosário. Se não conseguir logo de início, não se preocupe! Comece com o terço e, em pouco tempo, estará rezando dois terços. Logo, o rosário. Por amor de Deus, por amor de você e por amor dos seus, reze o rosário todos os dias!

Una-se a Maria e reze, principalmente, o terço. Ao contrário do que, às vezes, se pensa, não é uma oração ingênua, mas de poder. Nós precisamos rezar mais e melhor. Em Medjugorje, os jovens videntes perguntaram a Nossa Senhora como fariam para “rezar melhor”, uma vez que ela recomendava sempre a eles que “rezassem com o coração”. A Virgem Maria respondeu como Mãe: “Rezem mais!”.

É assim: se você começa a caminhar – e muitas pessoas fazem caminhada de manhã cedo, à tarde ou à noite depois que voltam do trabalho, porque não têm outra hora –, quanto mais caminha, mais vai melhorando na caminhada. Por outro lado, quanto menos você caminha, mais mole fica. Seus músculos vão ficando mais flácidos, você se cansa mais facilmente, fica sem fôlego. Da mesma forma, quanto mais você corre, melhor fica na corrida. Quanto mais você reza, melhor fica na oração. Para rezar melhor é preciso rezar mais.

A Santíssima Virgem deu uma receita excelente para todos nós. Além das orações que fazemos, é preciso rezar o rosário todos os dias.

Sei que você já tem rezado, porém precisa rezar mais, para rezar melhor. Como um atleta que intensifica seu treinamento quando se aproximam as competições, agora é a hora de intensificarmos nossas orações. Como família, estejamos unidos também por meio desta oração. Nós, da Família Canção Nova, estamos unidos também pela oração do Santo Rosário. Temos diversas necessidades e podemos apresentá-las a Deus por meio do Santo Rosário. Vamos lá, terço na mão e fé no coração. É assim que iniciamos a oração todos os dias na nossa programação. Eu rezo por você e conto com a sua oração.

Monsenhor Jonas Abib