segunda-feira, 26 de maio de 2014

SANTO DO DIA - 26/05

26/05
Santa Maria Ana de Paredes
Comemoramos hoje Santa Maria de Paredes, que nasceu no dia 31 de outubro do ano de 1618, em Quito, Equador. Ficou órfão de pai aos quatro anos de idade e de mãe aos seis anos, ficando apenas com uma tia mais velha que a educou.

Tentou várias vezes a vida religiosa, pois desde muito cedo foi iniciada nos Exercícios de Santo Inácio de Loyola, desejando ser missionária em meio aos índios, ou como reclusa em algum convento. Seus tios resolveram então apoiá-la dando-lhe alguns cômodos da casa, os quais foram transformados em clausula por Santa Mariana, que passou ali a vida inteira recolhida nas suas penitências e orações, saindo apenas para participar das missas e ajudar os pobres, consolar os infelizes e os necessitados.

No ano de 1645, quando a epidemia assolava a cidade de Quito, ofereceu sua vida para ajudar as vítimas, ficando gravemente doente e morrendo neste mesmo ano.

Santa Mariana de Paredes é a primeira santa do Equador, tendo sido proclamada heroína nacional. Foi canonizada no ano de 1950 por Pio XII.
São Filipe Néri
Neste dia nós recordamos a santidade de vida do Santo da Alegria, que encantou a Igreja com seu jeito criativo e excêntrico de viver o Evangelho. Nascido em 1515, São Filipi Néri, foi morar com um tio negociante, que colocou diante de seus olhos a proposta de assumir os empreendimentos, mas acolheu as proposta do Senhor que eram bem outras.
Ao ir para Roma estudou Filosofia e Teologia, sem pensar no sacerdócio. Homem de caridade vendeu sua biblioteca e deu tudo aos pobres; visitava as catacumbas tinha devoção aos mártires e tudo fazia para ganhar os jovens para Deus, já que era afável, modesto e alegre, por isso fundou ainda como leigo, a irmandade da Santíssima Trindade.
São Filipe Néri que muito acolhia em Roma peregrinos, foi dócil em acolher o chamado ao sacerdócio que despertou-o para as missões nas Índias, porém seu Bispo lhe esclareceu que sua Índia era Roma. Como Santo da Jovialidade, simplicidade infantil e confiança na Divina Providência, Filipi fundou a Congregação do Oratório; foi vítima de calúnias; esquivou-se de ser cardeal, mas não da Salvação das Almas e do seu lema: Pecados e melancolia estejam longe de minha casa.