quinta-feira, 29 de maio de 2014

Evangelho do Dia - 29/05/2014

Ano A - DIA 29/05


Tristeza e alegria - Jo 16,16-22

“Um pouco de tempo, e não mais me vereis; e mais um pouco, e me vereis de novo.” Alguns dos seus discípulos comentavam: “Que significa isto que ele está dizendo: ‘Um pouco de tempo e não mais me vereis, e mais um pouco, e me vereis de novo’ e ‘Eu vou para junto do Pai’?” O que quer dizer 'Um pouco de tempo?' Não entendemos o que isso quer dizer. Jesus entendeu que eles queriam fazer perguntas; então falou: “Estais discutindo porque eu disse: ‘Um pouco de tempo, e não me vereis, e mais um pouco, e me vereis de novo’? Por acaso não é a respeito disso que vocês estão fazendo perguntas uns aos outros? Em verdade, em verdade, vos digo: chorareis e lamentareis, mas o mundo se alegrará. Ficareis tristes, mas a vossa tristeza se transformará em alegria. Quando uma mulher está para dar a luz, ela fica triste porque chegou a sua hora de sofrer. Mas, depois que a criança nasce, a mulher fica tão alegre, que nem lembra mais de seu sofrimento. Assim acontece também com vocês: agora estão tristes, mas eu vos verei novamente. Aí vocês ficarão cheios de alegrai, e ninguém poderá tirar essa alegrai de vocês."


Leitura Orante

Oração Inicial


Preparo-me para a Leitura Orante, recordando-me das palavras dos bispos, em Aparecida:
“O chamado que Jesus, o Mestre faz, implica numa grande novidade. Na antiguidade, os mestres convidavam seus discípulos a se vincular com algo transcendente e os mestres da Lei propunham a adesão à Lei de Moisés. Jesus convida a nos encontrar com Ele e a que nos vinculemos estreitamente a Ele porque é a fonte da vida (cf. Jo 15,1-5) e só Ele tem palavra de vida eterna (cf. Jo 6,68). (DAp 131).

1- Leitura (Verdade)


O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto: Jo 16,16-20, e observo as recomendações de Jesus.
Jesus faz referência a uma outra missão do Espírito Santo: transformar nossa tristeza em alegria, a dor em festa. O Mestre fala de ausência, mas também de retorno, de morte e ressurreição. A Ressurreição de Jesus Cristo demonstra que a vida é mais forte do que a morte. É a presença do Espírito traz ânimo, força e alegria para quem crê no Projeto de Deus.

2- Meditação (Caminho)


O que o texto diz para mim, hoje?
Como enfrento os momentos de provação: de dor, tristeza, solidão? Lembro-me de que, no Projeto de Deus, tudo isto vai ser transformado em alegria, desde que eu tenha fé e acredite na ação de Deus em minha vida? Para viver neste clima peço ajuda a Deus:
Espírito santificador, a ti consagro a minha vontade:
Ajuda-me a dizer "sim" ao Projeto de Deus para a minha vida.
Dá-me a fortaleza.

3- Oração (Vida)


O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, com o Bem-aventurado Alberione, a adesão à vontade de Deus:
Senhor, não sei o me acontecerá hoje.
Só sei que nada poderá me acontecer
sem que o tenhas previsto
E permitido para o meu bem,
E isto me basta.
Adoro os teus desígnios eternos e impenetráveis.
Aceito-os de todo o coração, por teu amor.

Ofereço-te todo o meu ser, unindo-me ao sacrifício de Jesus.
Em seu nome e pelos seus méritos, peço-te a graça de assumir,
Com amor, as horas difíceis e a tua vontade,
a fim de que tudo resulte para o meu bem,
e para a tua maior glória. Amém.


4- Contemplação (Vida e Missão)


Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar será consequência do meu “assumir o estilo de vida de Jesus e suas motivações (cf. Lc 6,40b), viver seu destino e assumir sua missão de fazer novas todas as coisas..."

Bênção


- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.


Ir. Patricia Silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br