sábado, 14 de dezembro de 2013

O Evangelho do Dia - 14/12/2013

Ano A - DIA 14/12

O profeta precursor - Mt 17,10-13

Os discípulos perguntaram a Jesus: “Por que os escribas dizem que primeiro deve vir Elias?” Ele respondeu: “Sim, Elias vem; e porá tudo em ordem. E eu vos digo mais: Elias já veio, e não o reconheceram. Pelo contrário, fizeram com ele tudo o que quiseram. Assim também o Filho do Homem será maltratado por eles”. Então os discípulos compreenderam que ele lhes havia falado de João Batista.


Leitura Orante

Oração Inicial


Em união com todos os que se encontram neste ambiente virtual,
iniciamos nossa Leitura Orante, com a
Canção do Advento
Ó vem, Senhor, não tardes mais! 
Vem saciar nossa sede de Paz! 
1. Ó vem, como chega a brisa do vento, 
Trazendo aos pobres justiça e bom tempo! 
2. Ó vem, como chega a chuva no chão 
Trazendo fartura de vida e de pão! 
3. Ó vem, como chega a luz que faltou 
Só tua palavra nos salva Senhor! 
4. Ó vem, como chega a carta querida 
Bendito carteiro do Reino da Vida! 
5. Ó vem, como chega o filho esperado 
Caminha conosco Jesus Bem amado! 
6. Ó vem, como chega o Libertador 
Das mãos do inimigo nos salva Senhor

1- Leitura (Verdade)


- O que a Palavra diz?
Leio atentamente, na Bíblia, o texto: Mt 17,10-13.
Os discípulos querem compreender. Os escribas os provocam recordando profecias. Sobre Elias, Jesus lhes diz que este já veio, mas não foi reconhecido. Da mesma forma acontecerá com o Filho do Homem. Para os discípulos, Jesus se referia a João Batista.

2- Meditação (Caminho)


O que a Palavra diz para mim? 
Os discípulos compreenderam depois que ouviram o Mestre. A fé e o amor me levam a ver de forma diferente as pessoas, imagem de Deus.Preciso me aproximar mais e escutar a Palavra. Esta é condição para aprender do Mestre, para converter-me e viver como filho de Deus, transformar minha vida e ser discípulo/a e missionário/a do Mestre Jesus Cristo. Como nos lembram os bispos, em Aparecida: “Não temos outra felicidade nem outra prioridade que não seja sermos instrumentos do Espírito de Deus na Igreja, para que Jesus Cristo seja encontrado, seguido, amado, adorado, anunciado e comunicado a todos, não obstante todas as dificuldades e resistências. Este é o melhor serviço – seu serviço! – que a Igreja tem que oferecer às pessoas e nações” (DAp 14).

3- Oração (Vida)


O que a Palavra me leva a dizer a Deus?
Rezo a Maria, que tão bem soube ouvir e compreender a Palavra de Deus
A Nossa Senhora da Anunciação
Todas as gerações vos proclamem bem-aventurada, 
ó Maria!
Crestes na mensagem celeste, 
e em vós se cumpriram grandes coisas, 
como vos fora anunciado. 
Maria, eu vos louvo!
Crestes na encarnação do Filho de Deus
no vosso seio virginal 
e vos tornastes Mãe de Deus. 
Raiou então o dia mais feliz da história da humanidade! 
Os homens tiveram o Mestre divino, 
o Sacerdote único e eterno, 
a Hóstia de reparação, 
o Rei universal! 
A fé é dom de Deus e fonte de todo bem. 
Maria, alcançai-me a graça de uma fé viva, 
forte, atuante; uma fé que salva e santifica!
Fé no Evangelho, na Igreja, na vida eterna.

4- Contemplação (Vida e Missão)


- Qual o meu novo olhar a partir da Palavra?
Levo comigo a luz de Jesus Cristo. Quanto mais esta luz levar em meus olhos, minhas mãos, minhas palavras, mais iluminado estará o mundo em que vivo.

Bênção


Jesus Menino coloque a sua mãozinha 
sobre tua cabeça 
e derrame sobre ti 
a sua luz, conforto e alegria. 
Amém! 
- Abençoe-nos Deus misericordioso, 
Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
(bem-aventurado Alberione)


Irmã Patrícia Silva, fsp