quinta-feira, 5 de maio de 2016

Pensando em divórcio? Considere 5 razões para manter seu casamento

Algumas reflexões sobre razões elementares para manter o casamento e melhorar a relação a dois.



Casamento não é garantia de felicidade, isso todo mundo sabe, o que muitas vezes não se leva em conta é que a separação também não garante isso. O que acontece muito comumente são relações que se desgastam pela falta de empenho e atenção dos cônjuges e uniões que implodem deixando dolorosas marcas na vida de todos os envolvidos.

Assim, antes de desistir de seus planos, mudar a vida e romper seu relacionamento, vale pensar em algumas razões elementares para manter seu casamento:

1º) O casamento é uma união de amor, isso quer dizer que em algum momento você admirou e sentiu afeto por seu cônjuge. Procure pensar nos motivos que levaram você a querer dividir a sua vida com ele(a); relembre momentos em que vocês foram felizes. Listar as qualidades de seu cônjuge pode ajudar a amenizar desapontamentos e desejos de revide.

2º) O segredo do casamento não é a harmonia eterna e sim o esforço de adaptação mútua. É preciso considerar que conflitos são construídos a dois e mesmo que tenha início por um, o outro certamente alimentou; do contrário, não se transformaria em briga ou indisposição no relacionamento. Conflitos representam diferenças que se forem conciliadas terão por consequência o crescimento pessoal de ambos e o fortalecimento da união.

3º) Quando um casal reclama que o fogo da paixão apagou, é porque a alegria do convívio foi sufocada pela rotina ou por brigas frequentes. Rotinas que são fruto da acomodação promovem desgaste e sentimento de insatisfação, por isso é importante criar atividades em acordo, respeitando o gosto dos dois. Resgatar atividades e passatempos esquecidos no passado ou criar novos pode ser muito interessante.

4º) Cônjuges que constituíram família com filhos têm razões incontáveis para manter o casamento. É preciso buscar o equilíbrio para não confundir as coisas e se arrepender depois; qualquer separação provoca grande sofrimento, mas quando têm filhos envolvidos tudo se amplia. Melhor refletir muito quando a situação envolve de forma tão profunda tantos entes queridos.

5º) Para mudar de vida, buscar horizontes mais atraentes e felizes não é necessário implodir com a sua família. Muito pelo contrário; esse caminho pode ser muito mais atraente se feito junto a seus afetos. Se a ideia é reconstruir, porque não fazer isso junto com seu cônjuge? Todo relacionamento amoroso é construído a dois, pode ser que em algum tempo as coisas estejam tão ruins que pareçam desmoronar; esse talvez seja o momento ideal para recomeçar. Agindo de forma diferente é possível mudar, com a vantagem de poder manter o que há de bom. Não parece promissor?

Quando existe afetividade sempre é possível criar novas alternativas para manter o relacionamento que você escolheu para a sua vida.

Quer uma ideia? Reflita sobre as razões acima, pegue um papel e continue a lista, você certamente se surpreenderá!